FETRAF continua a luta pelo ?Não ao Golpe?

Federação Nacional dos Trabalhadores e Trabalhadoras na Agricultura Familiar reforça seu apoio aos movimentos ?Fora Temer?.

Escrito por: Assessoria de Comunicação FETRAF/BRASIL com informações da Frente Brasil Popular • Publicado em: 22/06/2016 - 10:45 Escrito por: Assessoria de Comunicação FETRAF/BRASIL com informações da Frente Brasil Popular Publicado em: 22/06/2016 - 10:45

A Federação Nacional dos Trabalhadores e Trabalhadoras na Agricultura Familiar (FETRAF) reforça seu apoio aos movimentos ‘Fora Temer’, diante aos ataques aos direitos dos trabalhadores rurais e as tentativas de acabar com as políticas públicas de desenvolvimento agrário.

A entidade que representa os agricultores familiares em conjunto com as lideranças organizacionais do campo, continuam a luta contra o atual Governo, que é reconhecido como ilegítimo pela categoria. Junto a Frente Brasil Popular, a FETRAF segue com as agendas de mobilização pelo ‘Não ao Golpe, Fora Temer’.

Para este mês de junho a articulação estará atuante no próximo dia 29 de junho no ‘Ato em defesa da Democracia, da Educação Pública, e dos Direitos dos trabalhadores em Educação’ – apoiando a classe, para denunciar as medidas do governo golpista.  

Calendário Junho

Dia 24/06 – Ato em defesa da Petrobrás em São Paulo

Dia 25/06 - Marica- RJ: encerramento do Festival Internacional da Utopia (Dilma)

Dia 27 ao dia 8/07 – Caravana da Democracia em Pernambuco

Dia 28/06 – Ceará: Ato da Juventude com Dilma e encontro com governador e ato de rua

Dia 29/06 - Pará Ato em Belém (Dilma)

Dia 29/06 - Encontro de Direitos Humanos contra o Golpe em Brasília

Dia 29/06 – Ato Nacional em defesa da Educação

Dia 30/06 - Plenária Nacional da Educação Dia 30/06 - São Paulo ato das Mulheres (Dilma) – a confirmar

Dia 30/06 – Festival Internacional da Resistência (Salvador-BA)

Vale ressaltar, para os agricultores familiares e entidades organizacionais do campo o grande dia da categoria será na semana do dia 25 de julho, na Jornada dos trabalhadores rurais, quando se comemora o Dia do Agricultor Familiar.

Confira abaixo na íntegra a circular da Frente Brasil Popular com os próximos passos da luta ‘Fora Temer’.

 

                                         

São Paulo, 21 de Junho de 2016

 

Circular 27/2016_Próximos Passos da luta pelo “Fora Temer”

Reunido em São Paulo, no dia 20 de Junho, o Coletivo Nacional da Frente Brasil Popular, após um profundo debate sobre a conjuntura política e sobre a tática para o próximo período definiu os seguintes encaminhamentos:

I) Sobre a nossa tática como Frente Brasil Popular: Não ao Golpe, Fora Temer!

1 - A Frente Brasil Popular zelando pelo princípio da unidade em torno do que é consensual, permanecerá se posicionando em torno da bandeira “Não ao Golpe, Fora Temer” e por “Nenhum Direito a menos”.

2 - Devemos seguir mobilizando as ruas, contudo, devemos experimentar novos métodos, dado que chegamos ao limite da nossa tática de luta, empreendida até agora.

3 - Intensificar a disputa dos corações e mentes da classe trabalhadora e dos setores populares  que ainda estão observando a disputa política. Isto exige trabalho de base, agitação, propaganda e lutas permanentes.

4 -Sabemos que é essa mobilização que pode influenciar o Senado, bem como as demais instituições que atentam contra a Democracia.

5 - Devemos seguir denunciando de forma pedagógica a essência do Governo golpista, bem como expor todas as suas politicas anti-populares.

6 – É preciso amplificar a luta contra o programa neoliberal que está em curso, demonstrando como essas medidas que estão afetando a vida do povo brasileiro, e vinculando ao “Fora Temer”.

7 – Nos articularmos com o grupo de Brasília que está acompanhando todas as medidas do Governo golpista.

8 – Encaminhamentos a respeito do debate sobre a saída política:

a) Foi constituído um grupo que preparará um texto unitário, nos próximos 10 dias, que crie unidade dentro da Frente no que é possível. Responsáveis: Sorrentino, Rui Falcão, Adilson, Carina, Gebrim, Vagner Freitas, Nalu.

b) Após a elaboração desse documento, será agendado um dia de debate em Julho com base nesse texto, para aprofundarmos a construção de uma posição unitária, em torno da saída política.

c) Até lá devemos evitar ao máximo a polarização e o tensionamento entre nós, nos estados e nas bases, em torno dessa questão.

II) Diálogo com a Presidenta Dilma:

1. Reforçar o encaminhamento para que publicite o mais breve possível uma carta de compromissos com o  Povo brasileiro. 

2- Criar um comitê político, com representações da FBP que ajude na coordenação das ações contra o Golpe.

3- Seguir apresentando sugestões de agendas para que ela viaje aos estados em atividades de massa.

III) Diálogo com os Senadores progressistas:

1. Explicitar que as iniciativas dos Senadores são de livre arbítrio deles, e que não devem estar condicionadas à posição da FBP.

2. Solicitar aos Senadores progressistas que apresentem uma carta à Presidenta e ao Temer endossando a proposta de antecipação das Eleições, assinada pelos Senadores apoiadores dessa proposta, como forma de aferir a possibilidade de reversão de votos com essa medida.

IV) Agenda de Lutas prioritárias para o próximo período:

Junho

1- Dia 29 de Junho: Ato em defesa da Democracia, da Educação Pública, e dos Direitos dos trabalhadores em Educação – mobilizar todos os segmentos relacionadas com a Educação para denunciar as medidas do governo golpista, em frente ao MEC.

Julho

2- Dias 4 a 6 de Julho: Encontro Nacional de Juristas pela Democracia em Brasília.

3- De 11 a 16 de Julho: Jornada nacional de trabalho de base, panfletagem e ações de denúncia do governo golpista e seu projeto. Serão impressos 10 milhões de panfletos para os estados distribuírem.

4 – Dia 12 de Julho- Marcha Nacional dos Servidores dos Servidores Públicos (federal, estadual, municipal) em Brasília.

5 - Semana de 18 a 23 de Julho: Semana de ações em defesa da saúde, do SUS, e do Mais Médicos, com ações nas comunidades e postos de saúde atingidos. 

6 - Dias 19 a 20 de Julho: Tribunal Internacional de Julgamento dos Golpistas - Rio de janeiro – Teatro Casagrande com a presença de juristas renomados de 11 países. 

7 - Semana de 25 de Julho: Jornada Nacional dos trabalhadores rurais.

8 - Dia 25 de Julho: Mobilização nacional das mulheres negras

9- Segunda quinzena de Julho (indicativo) – “Encontro Nacional da Classe Trabalhadora”, em São Paulo. Reunir todas as centrais sindicais na defesa dos direitos trabalhistas

 

Agosto

1- Dia 1 de Agosto: Vigília inter-religiosa no Rio de janeiro.

2 -Dia 5 de agosto: Marcha Nacional massiva no centro do Rio de Janeiro na abertura das Olímpiadas. (sugestão de que as centrais sindicais discutam possibilidade de aproveitar a data para Greve Geral a ser definido pelas próprias Centrais Sindicais)

3 -Programar um Acampamento Nacional Popular, de uma semana à dez dias, (os movimentos do campo já estão preparando a logística) prévio a data da votação  final que deve ser entre 16 e 17 de agosto: em Brasília. Nas capitais que tivermos possibilidade, fica a mesma orientação, tal como fizemos na votação na Câmara.

 

V) Preparação da 2ª. Conferencia da Frente Brasil Popular

O Coletivo Nacional elaborou uma proposta de objetivos, caráter, processo, eixos e critérios de participação da II Conferência da Frente Brasil Popular. Essa proposta envolve duas datas principais.

1-28/08 – Plenária Nacional da Frente Brasil Popular

Esta Plenária teria por objetivo reunir em torno de 500 militantes de todo país para ajustar a leitura de conjuntura após a votação final do Senado, bem como preparar o processo da Conferência. A proposta é que seja realizada em São Paulo na Quadra dos Bancários.

2-12 à 15/11 – II Conferência da Frente Brasil Popular

A proposta é que seja uma Conferência massiva com o objetivo de fortalecer a resistência frente à ofensiva conservadora, consolidar o enraizamento da Frente, bem como aprofundar o debate sobre o nosso programa político. A proposta é que seja realizada em São Paulo ou na Bahia.

Toda a metodologia do processo de construção da Conferencia será sistematizada em um documento que será remetido para avaliação e debate nos estados, comitês locais e setoriais. As sugestões de alteração deverão ser enviadas para o email da secretaria (secretaria@frentebrasilpopular.com.br) até o dia 10 de Julho.

 

VI) Próxima Reunião

A próxima reunião do Coletivo Nacional será no dia 18 de Julho, segunda-feira das 9h às 17h em São Paulo.

 

VII) Calendário Geral

Junho

Dia 24/06 – Ato em defesa da Petrobrás em São Paulo

Dia 25/06 - Marica- RJ: encerramento do Festival Internacional da Utopia (Dilma)

Dia 27 ao dia 8/07 – Caravana da Democracia em Pernambuco

Dia 28/06 – Ceará: Ato da Juventude com Dilma e encontro com governador e ato de rua

Dia 29/06 - Pará Ato em Belém (Dilma)

Dia 29/06 - Encontro de Direitos Humanos contra o Golpe em Brasília

Dia 29/06 – Ato Nacional em defesa da Educação

Dia 30/06 - Plenária Nacional da Educação

Dia 30/06 - São Paulo ato das Mulheres (Dilma) – a confirmar

Dia 30/06 – Festival Internacional da Resistência (Salvador-BA)

 

 

Julho

 

Dia 2/07 - Caminhada da Liberdade, da Democracia e contra o Golpe - Salvador BA

Dia 4/07 - Ato dos Juristas no auditório Petrônio Portela no Senado Federal

Dia 4/07 – Ato “Em defesa de uma política externa ativa e altiva” com Celso Amorin, em São Paulo na Casa de Portugal.

Dias 5 e 6/07 – Encontro dos Juristas em Defesa da Democracia em Brasília

Dia 6/07 – Movimento Negro contra o Golpe – Ato em Belo Horizonte

Dia 6/07 - Marcha em defesa do SUS, da Seguridade Social e da democracia em Brasília.

Dia 11 a 16/07 – Jornada Nacional de Panfleteação  

Dia 12/07 - Marcha dos Servidores das estatais em Brasília

Segunda quinzena de Julho (indicativo) – “Encontro Nacional da Classe Trabalhadora”, em São Paulo.

Dia 18/07 – Reunião do Coletivo Nacional da FBP em São Paulo.

Dia 18 ao 23/07 – Semana nacional em defesa do SUS – Contra a retirada dos médicos estrangeiros.

Dias 19 e 20/07– Tribunal Internacional de Julgamento dos Golpistas, no Rio de Janeiro, Teatro Casa Grande.

Dia 25/7 – Dia latino-americano e Caribenho da Mulher Negra

Dia 25/7 - Mobilização unitária dos trabalhadores rurais em Aracajú-SE (Dilma)

25 a 31/7: Jornada Nacional dos Trabalhadores Rurais.

Dia 26/7 - Congresso Nacional de Estudantes de Agronomia, em Fortaleza-CE (Dilma)

Dia 29/7 - Concentração de camponeses no Assentamento Dionísio Cerqueira, em no oeste de Santa Catarina (Dilma)

Dia 30/7 - Jornada de Agroecologia em Lapa, no Paraná (Dilma).

Dia 30/07 – Plenária sobre a Reforma urbana e a luta pela Democracia, em São Paulo (Indicativo).

 

Agosto

 

Dia 1/8 - Vigília Inter-Religiosa no Rio, tendo como eixo a exclusão social nas Olimpíadas.

Dia 5/8 - Marcha nacional contra o Golpe na abertura das Olimpíadas, no centro do Rio de Janeiro.

Dia 5/8 – Indicativo  a ser debatido entre as centrais)de Greve Geral nas demais cidades

10 dias prévio a votação no Senado - Acampamento Popular em Brasília

17/08 – Indicativo de Votação no Senado

28/08 – Plenária da FBP em São Paulo

 

Novembro

 

12 à 15/11 – II Conferência da Frente Brasil Popular (Indicativo)

 

 

“Não ao Golpe, Fora Temer!”

Saudações

Secretaria Operativa

 

 

Título: FETRAF continua a luta pelo ?Não ao Golpe?, Conteúdo: A Federação Nacional dos Trabalhadores e Trabalhadoras na Agricultura Familiar (FETRAF) reforça seu apoio aos movimentos ‘Fora Temer’, diante aos ataques aos direitos dos trabalhadores rurais e as tentativas de acabar com as políticas públicas de desenvolvimento agrário. A entidade que representa os agricultores familiares em conjunto com as lideranças organizacionais do campo, continuam a luta contra o atual Governo, que é reconhecido como ilegítimo pela categoria. Junto a Frente Brasil Popular, a FETRAF segue com as agendas de mobilização pelo ‘Não ao Golpe, Fora Temer’. Para este mês de junho a articulação estará atuante no próximo dia 29 de junho no ‘Ato em defesa da Democracia, da Educação Pública, e dos Direitos dos trabalhadores em Educação’ – apoiando a classe, para denunciar as medidas do governo golpista.   Calendário Junho Dia 24/06 – Ato em defesa da Petrobrás em São Paulo Dia 25/06 - Marica- RJ: encerramento do Festival Internacional da Utopia (Dilma) Dia 27 ao dia 8/07 – Caravana da Democracia em Pernambuco Dia 28/06 – Ceará: Ato da Juventude com Dilma e encontro com governador e ato de rua Dia 29/06 - Pará Ato em Belém (Dilma) Dia 29/06 - Encontro de Direitos Humanos contra o Golpe em Brasília Dia 29/06 – Ato Nacional em defesa da Educação Dia 30/06 - Plenária Nacional da Educação Dia 30/06 - São Paulo ato das Mulheres (Dilma) – a confirmar Dia 30/06 – Festival Internacional da Resistência (Salvador-BA) Vale ressaltar, para os agricultores familiares e entidades organizacionais do campo o grande dia da categoria será na semana do dia 25 de julho, na Jornada dos trabalhadores rurais, quando se comemora o Dia do Agricultor Familiar. Confira abaixo na íntegra a circular da Frente Brasil Popular com os próximos passos da luta ‘Fora Temer’.                                             São Paulo, 21 de Junho de 2016   Circular 27/2016_Próximos Passos da luta pelo “Fora Temer” Reunido em São Paulo, no dia 20 de Junho, o Coletivo Nacional da Frente Brasil Popular, após um profundo debate sobre a conjuntura política e sobre a tática para o próximo período definiu os seguintes encaminhamentos: I) Sobre a nossa tática como Frente Brasil Popular: Não ao Golpe, Fora Temer! 1 - A Frente Brasil Popular zelando pelo princípio da unidade em torno do que é consensual, permanecerá se posicionando em torno da bandeira “Não ao Golpe, Fora Temer” e por “Nenhum Direito a menos”. 2 - Devemos seguir mobilizando as ruas, contudo, devemos experimentar novos métodos, dado que chegamos ao limite da nossa tática de luta, empreendida até agora. 3 - Intensificar a disputa dos corações e mentes da classe trabalhadora e dos setores populares  que ainda estão observando a disputa política. Isto exige trabalho de base, agitação, propaganda e lutas permanentes. 4 -Sabemos que é essa mobilização que pode influenciar o Senado, bem como as demais instituições que atentam contra a Democracia. 5 - Devemos seguir denunciando de forma pedagógica a essência do Governo golpista, bem como expor todas as suas politicas anti-populares. 6 – É preciso amplificar a luta contra o programa neoliberal que está em curso, demonstrando como essas medidas que estão afetando a vida do povo brasileiro, e vinculando ao “Fora Temer”. 7 – Nos articularmos com o grupo de Brasília que está acompanhando todas as medidas do Governo golpista. 8 – Encaminhamentos a respeito do debate sobre a saída política: a) Foi constituído um grupo que preparará um texto unitário, nos próximos 10 dias, que crie unidade dentro da Frente no que é possível. Responsáveis: Sorrentino, Rui Falcão, Adilson, Carina, Gebrim, Vagner Freitas, Nalu. b) Após a elaboração desse documento, será agendado um dia de debate em Julho com base nesse texto, para aprofundarmos a construção de uma posição unitária, em torno da saída política. c) Até lá devemos evitar ao máximo a polarização e o tensionamento entre nós, nos estados e nas bases, em torno dessa questão. II) Diálogo com a Presidenta Dilma: 1. Reforçar o encaminhamento para que publicite o mais breve possível uma carta de compromissos com o  Povo brasileiro.  2- Criar um comitê político, com representações da FBP que ajude na coordenação das ações contra o Golpe. 3- Seguir apresentando sugestões de agendas para que ela viaje aos estados em atividades de massa. III) Diálogo com os Senadores progressistas: 1. Explicitar que as iniciativas dos Senadores são de livre arbítrio deles, e que não devem estar condicionadas à posição da FBP. 2. Solicitar aos Senadores progressistas que apresentem uma carta à Presidenta e ao Temer endossando a proposta de antecipação das Eleições, assinada pelos Senadores apoiadores dessa proposta, como forma de aferir a possibilidade de reversão de votos com essa medida. IV) Agenda de Lutas prioritárias para o próximo período: Junho 1- Dia 29 de Junho: Ato em defesa da Democracia, da Educação Pública, e dos Direitos dos trabalhadores em Educação – mobilizar todos os segmentos relacionadas com a Educação para denunciar as medidas do governo golpista, em frente ao MEC. Julho 2- Dias 4 a 6 de Julho: Encontro Nacional de Juristas pela Democracia em Brasília. 3- De 11 a 16 de Julho: Jornada nacional de trabalho de base, panfletagem e ações de denúncia do governo golpista e seu projeto. Serão impressos 10 milhões de panfletos para os estados distribuírem. 4 – Dia 12 de Julho- Marcha Nacional dos Servidores dos Servidores Públicos (federal, estadual, municipal) em Brasília. 5 - Semana de 18 a 23 de Julho: Semana de ações em defesa da saúde, do SUS, e do Mais Médicos, com ações nas comunidades e postos de saúde atingidos.  6 - Dias 19 a 20 de Julho: Tribunal Internacional de Julgamento dos Golpistas - Rio de janeiro – Teatro Casagrande com a presença de juristas renomados de 11 países.  7 - Semana de 25 de Julho: Jornada Nacional dos trabalhadores rurais. 8 - Dia 25 de Julho: Mobilização nacional das mulheres negras 9- Segunda quinzena de Julho (indicativo) – “Encontro Nacional da Classe Trabalhadora”, em São Paulo. Reunir todas as centrais sindicais na defesa dos direitos trabalhistas   Agosto 1- Dia 1 de Agosto: Vigília inter-religiosa no Rio de janeiro. 2 -Dia 5 de agosto: Marcha Nacional massiva no centro do Rio de Janeiro na abertura das Olímpiadas. (sugestão de que as centrais sindicais discutam possibilidade de aproveitar a data para Greve Geral a ser definido pelas próprias Centrais Sindicais) 3 -Programar um Acampamento Nacional Popular, de uma semana à dez dias, (os movimentos do campo já estão preparando a logística) prévio a data da votação  final que deve ser entre 16 e 17 de agosto: em Brasília. Nas capitais que tivermos possibilidade, fica a mesma orientação, tal como fizemos na votação na Câmara.   V) Preparação da 2ª. Conferencia da Frente Brasil Popular O Coletivo Nacional elaborou uma proposta de objetivos, caráter, processo, eixos e critérios de participação da II Conferência da Frente Brasil Popular. Essa proposta envolve duas datas principais. 1-28/08 – Plenária Nacional da Frente Brasil Popular Esta Plenária teria por objetivo reunir em torno de 500 militantes de todo país para ajustar a leitura de conjuntura após a votação final do Senado, bem como preparar o processo da Conferência. A proposta é que seja realizada em São Paulo na Quadra dos Bancários. 2-12 à 15/11 – II Conferência da Frente Brasil Popular A proposta é que seja uma Conferência massiva com o objetivo de fortalecer a resistência frente à ofensiva conservadora, consolidar o enraizamento da Frente, bem como aprofundar o debate sobre o nosso programa político. A proposta é que seja realizada em São Paulo ou na Bahia. Toda a metodologia do processo de construção da Conferencia será sistematizada em um documento que será remetido para avaliação e debate nos estados, comitês locais e setoriais. As sugestões de alteração deverão ser enviadas para o email da secretaria (secretaria@frentebrasilpopular.com.br) até o dia 10 de Julho.   VI) Próxima Reunião A próxima reunião do Coletivo Nacional será no dia 18 de Julho, segunda-feira das 9h às 17h em São Paulo.   VII) Calendário Geral Junho Dia 24/06 – Ato em defesa da Petrobrás em São Paulo Dia 25/06 - Marica- RJ: encerramento do Festival Internacional da Utopia (Dilma) Dia 27 ao dia 8/07 – Caravana da Democracia em Pernambuco Dia 28/06 – Ceará: Ato da Juventude com Dilma e encontro com governador e ato de rua Dia 29/06 - Pará Ato em Belém (Dilma) Dia 29/06 - Encontro de Direitos Humanos contra o Golpe em Brasília Dia 29/06 – Ato Nacional em defesa da Educação Dia 30/06 - Plenária Nacional da Educação Dia 30/06 - São Paulo ato das Mulheres (Dilma) – a confirmar Dia 30/06 – Festival Internacional da Resistência (Salvador-BA)     Julho   Dia 2/07 - Caminhada da Liberdade, da Democracia e contra o Golpe - Salvador BA Dia 4/07 - Ato dos Juristas no auditório Petrônio Portela no Senado Federal Dia 4/07 – Ato “Em defesa de uma política externa ativa e altiva” com Celso Amorin, em São Paulo na Casa de Portugal. Dias 5 e 6/07 – Encontro dos Juristas em Defesa da Democracia em Brasília Dia 6/07 – Movimento Negro contra o Golpe – Ato em Belo Horizonte Dia 6/07 - Marcha em defesa do SUS, da Seguridade Social e da democracia em Brasília. Dia 11 a 16/07 – Jornada Nacional de Panfleteação   Dia 12/07 - Marcha dos Servidores das estatais em Brasília Segunda quinzena de Julho (indicativo) – “Encontro Nacional da Classe Trabalhadora”, em São Paulo. Dia 18/07 – Reunião do Coletivo Nacional da FBP em São Paulo. Dia 18 ao 23/07 – Semana nacional em defesa do SUS – Contra a retirada dos médicos estrangeiros. Dias 19 e 20/07– Tribunal Internacional de Julgamento dos Golpistas, no Rio de Janeiro, Teatro Casa Grande. Dia 25/7 – Dia latino-americano e Caribenho da Mulher Negra Dia 25/7 - Mobilização unitária dos trabalhadores rurais em Aracajú-SE (Dilma) 25 a 31/7: Jornada Nacional dos Trabalhadores Rurais. Dia 26/7 - Congresso Nacional de Estudantes de Agronomia, em Fortaleza-CE (Dilma) Dia 29/7 - Concentração de camponeses no Assentamento Dionísio Cerqueira, em no oeste de Santa Catarina (Dilma) Dia 30/7 - Jornada de Agroecologia em Lapa, no Paraná (Dilma). Dia 30/07 – Plenária sobre a Reforma urbana e a luta pela Democracia, em São Paulo (Indicativo).   Agosto   Dia 1/8 - Vigília Inter-Religiosa no Rio, tendo como eixo a exclusão social nas Olimpíadas. Dia 5/8 - Marcha nacional contra o Golpe na abertura das Olimpíadas, no centro do Rio de Janeiro. Dia 5/8 – Indicativo  a ser debatido entre as centrais)de Greve Geral nas demais cidades 10 dias prévio a votação no Senado - Acampamento Popular em Brasília 17/08 – Indicativo de Votação no Senado 28/08 – Plenária da FBP em São Paulo   Novembro   12 à 15/11 – II Conferência da Frente Brasil Popular (Indicativo)     “Não ao Golpe, Fora Temer!” Saudações Secretaria Operativa    



Informativo CONTRAF-BRASIL

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.